Onde pisar no jardim

635

Jardim bonito e bem cuidado é o sonho de consumo de muita gente. E por requerer muitos cuidados, muitas vezes dispendiosos, este sonho fica sempre pra depois. Hoje gostaria de compartilhar algumas sugestões e ideias criativas de caminhos no jardim que podem estar dentro do seu orçamento . Os lugares onde se pode pisar em um jardim sem danificá-lo e com segurança, onde se pode caminhar e aproveitar cada detalhe da natureza exuberante, sem se machucar, virar o pé ou escorregar.

  

Gosto de dizer que os materiais mais indicados são aqueles que temos à mão, que trazem beleza e segurança, mas também reaproveitamento de materiais descartados, resto de obras e com um custo benefício interessante. As pedras rústicas são bastante indicadas pela sua superfície texturizada que evitam acidentes. Para grandes superfícies, a brita ou pedriscos são mais indicados. A madeira é também bastante usada, em estado virgem criando decks ou de demolição como os dormentes, mas neste caso, será preciso impermeabilizar as peças pois o contato direto com a umidade da terra poderá apodrecer as peças.

   

Intercalar vegetação entre as placas de pisadas, cria sempre um efeito bonito e decorativo. O mais indicado é a ajuda profissional de um paisagista para te orientar melhor quanto à espécie a ser usada, a que melhor se adapta ao solo e insolação. Um caminho sinuoso por entre as plantas do jardim, é sempre uma atração à parte. Ele proporciona movimento e conduz o transeunte por toda a extensão do jardim, levando-o a apreciar com calma e segurança, toda a beleza existente. Nunca se esqueça que um jardim deve ser criado para ser usado de dia e de noite, portanto um projeto de iluminação deve ser previsto.

 

A criatividade na hora de criar um paisagismo, parte primeiramente do estilo que os moradores preferem, depois é feito um esboço criando os caminhos, e assim sucessivamente e a partir deste percurso, os jardins são construídos. Se você pretende começar um jardim, procure orientações seguras de bons profissionais, o que não quer dizer que suas ideias não serão seguidas. Exponha seus anseios e desejos para o espaço, tente ser o mais preciso em seus pedidos e confie nas sugestões do paisagista. Se quiser se arriscar sozinho, comece com pequenas intervenções, use terra boa, adubada, superfícies preparadas, plantas  e materiais em harmonia com o espaço.

Comentários